QUANDO FALTA COMPREENSÃO

 

Uma das coisas que anda mais em falta no mundo, é essa coisa chamada "COMPREENSÃO".  Parece que é artigo já em extinção.  Quase ninguém sabe o que é.

 

Dificilmente aceitamos os erros de alguém, mas queremos que os nossos sejam entendidos e desculpados.  Afinal, nunca erramos, apenas nos equivocamos.  Os outros é que cometem erros, e erros sempre lamentáveis.

 

Principalmente na vida conjugal. Os erros acontecem de ambas as partes, e dificilmente uma das partes aceita e compreende o que a outra faz. 

 

É a eterna busca das culpas, e, como nada foi filmado, cada qual apresenta sua versão sobre fatos passados.  E o acordo nunca surge.

 

E como isso atrapalha a vida conjugal.

 

Antigamente, quando a maioria dos casamentos era "arranjada", ou que os noivos não tinham oportunidade de se conhecer intimamente, era perfeitamente explicável que as pessoas se casassem sem se  conhecer, e muito menos os seus hábitos domésticos.

 

Acontece que as mulheres eram "treinadas" para obedecer.  Sua função era unicamente cuidar da casa, e os maridos podiam levar a vida que quisessem fora do lar.

 

A coisa se modificou, e agora as mulheres já tem uma vida participativa, e, claro, fazem suas cobranças. Querem sua liberdade.  Querem seus direitos.  Temos que convir que elas estão com a razão.  Exigem basicamente compreensão e respeito.

 

Acontece que o artigo compreensão está em falta e está faltando diálogo em casa.  Existem muitas cobranças de parte a parte. E essa pressão causa desentendimentos, por vezes sérios.

 

Meu querido amigo L'Inconnu nos deixou mais uma de suas frases lapidares, vejam:

 

O fio da vida não afrouxaria se não o molhassem algumas lágrimas...e se este fio estiver esticado demais não suporta a pressão...porém, também é verdade que  muita lágrima jamais precisaria ser chorada, se houvesse um pouco mais de amor em tantos corações que nunca souberam compreender...

 

Realmente, a mensagem passada é fantástica. Uma das coisas que mais afrouxam os laços de uma união, são as lágrimas derramadas devido a brigas provocadas, geralmente, por desentendimentos que poderiam ser evitados com um tantinho de bom senso e compreensão.

 

Quantas vezes pequenas coisas provocam discussões que se desenvolvem e acabam em grandes brigas, com desaforos trocados de parte a parte, por vezes levando um casal a uma situação irremediável. E se for procurar o cerne da briga, foi uma bobagem, que com um pouco de boa vontade teria sido contornada.

 

A cada desinteligência, mais o fio se estica, até que chega uma determinada hora em que ele se rompe, e então acontece o fim de tudo.  Tivesse havido um pouco de compreensão, quanto coisa seria evitada...

 

Principalmente porque muitas pessoas no aceso de uma discussão, dizem coisas pesadas, e insultos podem ser trocados.  Mágoas são colocadas para fora. E essa é a situação que deve ser evitada.  As coisas resolvidas em clima de desentendimento nunca chegam a bom termo.  Sempre trazem dor, discórdia, mágoas e incompreensão.

 

Até mesmo uma separação irremediável deve acontecer em clima de compreensão. 

 

Se ambos chegaram à conclusão de que a vida em comum não mais é possível, é muito melhor chegar-se a um termo amigável do que a discussões intermináveis.  Diga-se de passagem, situação que é apreciada apenas por advogados...

 

E nesta época em que a incompreensão está levando o mundo a uma situação tremendamente caótica, é que se pode chegar à conclusão de que está tudo errado.

 

Talvez o Amigão tenha chegado à conclusão de que não temos mais jeito, e vai começar tudo de novo, em novas bases.  Talvez deixando a semente da compreensão bem plantada para que não se faça as mesmas besteiras.

 

É nessa esperança que desejo a todos UM LINDO DIA.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados