NA VERDADE, QUEM SÃO OS "ANIMAIS IRRACIONAIS"?

 

Esta é uma pergunta pertinente, pois vejo muito mais racionalidade no comportamento dos animais, do que dos chamados seres humanos, ou racionais...
Vendo certas atitudes dos humanos, chego a dar razão a Raul Seixas, quando dizia "SÓ QUERIA SER CIVILIZADO COMO OS ANIMAIS"...
Ósculos e amplexos,
Marcial
 
NA VERDADE QUEM SÃO OS "ANIMAIS IRRACIONAIS"?
Marcial Salaverry

Dizem que os seres humanos são os seres racionais, e os animais são irracionais.
Analisando friamente o contexto, constata-se que existem controvérsias, e essa versão é sujeita a uma análise mais acurada...
Nossos amigos animais despertam e correspondem com sinceridade o mais puro sentimento de amizade, e são capazes de uma dedicação que realmente nos comove, mas nem sempre encontram retribuição à altura, e recebem maus tratos daqueles a quem deram seu carinho e afeto, seus donos, e isso é algo que foge de nossa compreensão.
Quem faz essas coisas, apenas pode ser chamado de coisa, simplesmente, pois contraria as mais comezinhas leis da vida...
Nós só podemos ser chamados de animais racionais, se agirmos com a racionalidade dos ditos animais irracionais. Eles protegem as crias com sua própria vida, até o momento em que elas tem condições de sobreviver por conta própria. Aí são entregues ao mundo, para cumprir sua missão na fase evolutiva. Animais não matam pelo prazer de matar, mas apenas para se alimentar e sobreviver. Animais não fazem o que o dito ser humano é capaz de fazer. Você já ouviu falar de alguma "Guerra entre Animais"? É o só bicho gente que faz essas coisas... Como dizia nosso saudoso Raul Seixas:
"Eu só queria ser civilizado como os animais".
Algo que é inegável, é que quando nossos amigos de quatro patas partem, deixam saudade pra cachorro...
A fidelidade que o cão tem pelo seu amigo, que se diz dono, é algo que deveria servir de exemplo para todos nós, como a mais pura definição de amizade.
Quando eu era garoto, meu pai tinha "plantação' de cachorros em casa... Quando encontrei o "Bonitão", depois de uma separação de mais 10 anos, ele quase me matou de tanta festa que me fez.... Bonitão era um dinamarquês que, quando ficava sobre duas patas, apoiava as dianteiras nos ombros de meu pai, que tinha mais de 1m85, e sua cabeça passava a dele em muitos centímetros.
Eu o cavalgava como se fosse um cavalo. Quando ele cumpriu sua missão e exalou o último suspiro, sofri demais da conta.
Dizem que cada ano de um cão vale por 7 anos de um humano.
Cientificamente é assim mesmo que se conta o tempo canino, e em sua curta vida deixam recordações inolvidáveis...
O interessante é que as crianças tem mais respeito, amor e carinho pelos animais do que os adultos, pois os ditos racionais já nascem sabendo o que é ser bom, pois geralmente as crianças não tem preconceitos e sabem amar... Depois, é que os adultos lhes ensinam que não se deve brincar com este ou aquele, e lhes ensinam que a agressão é uma defesa, e assim, depois que crescem, é que deixam de ser bons, e passam a desconhecer a pureza da amizade, enquanto isso, os que nominamos de irracionais simplesmente não desaprendem o sentido da lealdade e da amizade, como o ser humano desaprende...
Se racionalidade fosse saber usar a razão, poderia ser que isso não acontecesse, mas atualmente racionalidade é algo que não existe, e por isso, há que se deixar viver plenamente a criança que existe dentro de nós.
Apenas devemos nos elevar e fazer valer a condição de real ser humano, e assim, a razão será saber ouvir o coração.
E raciocinando com a pureza de sentimentos dos animais, poderá ter UM LINDO DIA.
 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados