NEM SEMPRE CHORAR SERÁ SINAL DE FRAQUEZA

 


Por que será que muita gente tem vergonha de chorar diante de alguém?
Osculos e amplexos,
Marcial
NEM SEMPRE CHORAR SERÁ SINAL DE FRAQUEZA
Marcial Salaverry

Nunca concordei com algo que desde meus tempos de criança, é um conceito que os homens tem muito arraigado, é aquele símbolo de macheza que afirma que “Homem Não Chora”.  E que são somente as mulheres, que, por qualquer motivo podem se desmanchar em lágrimas. Na verdade, podemos considerar felizes essas criaturas que conseguem externar seus sentimentos através das lágrimas assomadas, ao invés de as sufocar insanamente, em nome de um pensamento retrógrado, que sempre atribuiu às lágrimas, um sinal de fraqueza.
Por causa dessa maneira de pensar, muitos homens (e algumas mulheres) sofrem em dobro, pois sofrem pela emoção sentida, e pelo fato de ter que segurar as lágrimas, apenas para não demonstrar sua fraqueza.  Ora bolas...
Recebi um pensamento, creio que de autoria do meu amigo L’Inconnu, que retrata bem o que são as lágrimas, acabando com aquela falsa imagem de debilidade feminina...
"Chorar é lindo, pois cada lágrima que rola em seu rosto é uma palavra dita por um sentimento calado."
Esta frase é de uma profundidade e de uma beleza capaz de levar às lágrimas. 
Fugindo daquele conceito de que chorar é sinal de fraqueza, vamos analisar o que pode levar alguém às lágrimas.
Na realidade, o que menos nos faz chorar é a dor.  Podemos suporta-la estoicamente sem chorar.  Principalmente a dor física.  Podemos praguejar, falar alguns palavrões bem colocados para a ocasião, mas nem sempre, aliás, quase nunca choramos por causa de uma dor física.
Podemos resistir a uma topada, a uma perna quebrada, a uma injeção, sem maiores problemas.  Realmente, aí não cabem as lágrimas, pois elas não farão com que a dor desapareça.
Contudo, é muito difícil resistir a uma dor moral, de uma perda de algo ou de alguém muito querido.  Por exemplo, aquele cachorrinho de estimação que nos acompanhou 18 anos.
Existem outras emoções que podem, facilmente despertar nossa sensibilidade, levando-nos a um gostoso debulhar de lágrimas, como o nascimento de um filho, neto ou bisneto.  Ou então aquela alegria muito forte de rever alguém a quem queremos muito.  Ou então a de saber que uma pessoa muito querida se refez de uma enfermidade.  Como também ouvir “aquela” música que nos lembra “aquele alguém”, ou “aquela data”.  Enfim, são muitos os exemplos de emoções que provocam aquele nozinho na garganta, e segura-lo chega a fazer mal para a alma.  Poucas pessoas resistem a um casamento.  Sempre provoca emoções as mais desencontradas possíveis, mas que invariavelmente levam às lágrimas.
Algo que sempre provoca emoção muito forte em pessoas de uma sensibilidade mais apurada, é o maravilhoso espetáculo que o amigo Sol nos proporciona quando nasce, ou quando se põe.  Se estivermos na montanha, ou na praia, ou num campo muito verdejante, em contato maior com a Natureza, chegamos a sentir o momento do encontro com o Amigão. E, minhas crianças,  eu não resisto, deixo o nozinho se desmanchar, pois é algo lindo demais para que uma alma romantica resista.
Realmente, “cada lágrima que rola, é uma palavra dita por um sentimento calado”. Elas falam mais do que mil palavras, expondo o que realmente nos vai na alma.  Por que então sufocá-las?  Deixe as águas rolar, na verdade, faz mal segurar as emoções... E, amigos, não tenham dúvidas de que homem macho chora sim, sem preconceito, e tendo motivo, chora e deve chorar.  Lava a alma e vive mais feliz.
Recebam um emocionado e molhado abraço, acompanhando meu desejo de UM LINDO DIA.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados