COMO DEFINIR BELEZA

 

Procurando definir a beleza, não conseguimos chegar a conclusão alguma, pois tudo é questão de julgamento pessoal...
Ósculos e amplexos
Marcial

COMO PODEMOS DEFINIR A BELEZA
Marcial Salaverry

Uma boa pergunta: O QUE VEM A SER BELEZA? Escreveram-se já inúmeros artigos falando sobre esse assunto, e para tentar definir o que é beleza, apenas consegue-se chegar a uma conclusão, ou seja, que é muito difícil chegar-se a um consenso, pois a conceituação de beleza, difere de pessoa para pessoa, mormente se formos analisar a influência que a beleza interior pode exercer sobre a exterior. Ou seja, pessoas fisicamente belas, mas que não tem aquela “luz interior”, que embeleza muito o exterior, deixam aqueçla sensação de "beleza incompleta"...

Sempre procurei defender a parte natural da Beleza, ou seja, aquela com que a Natureza premiou algumas pessoas, e não teve a mesma consideração com outras. Porém se essas menos favorecidas pela exterioridade souberem cultivar seu interior, poderão tornar-se muito belas.  Não duvidem disso.

A esse respeito, um dos professores que passaram pela minha vida, costumava dizer: "A Natureza é assim mesmo.  Mãe para uns e madrasta para outros." Claro que o saudoso Prof. Diniz dizia isso se referindo à capacidade intelectual de seus alunos.

Mas serve para falar-se sobre a beleza também.  Nunca se esquecendo de que existem madrastas que são mais carinhosas do que as mães, portanto, não se queixem dessa “madrasticidade” da sorte...

O grande problema é que muitos daqueles que, por não se julgarem devidamente aquinhoados pela Mãe Natureza, procuram ajudá-la, usando de meios artificiais para o embelezamento, valendo-se dos recursos que a ciência faculta e já fartamente comentados, tais como plásticas, implantes, lipos, anabolizantes, botox, e vai por aí afora.

Para reforçar meus argumentos já expostos, vou me socorrer com a opinião do Dr. Décio Reimão, eminente psicólogo santista, que fez ao jornal A Tribuna de Santos, o seguinte depoimento, falando sobre o que certas pessoas fazem, visando o embelezamento corporal:
"De acordo com Décio Reimão, a mulher, na verdade, faz toda essa maratona para ter corpo escultural, mas não para o espelho, para sua satisfação pessoal, mas para competir com as outras."
Com certeza, não há nada de errado em cuidar do corpo, aliás, é muito saudável. O relaxamento é que pode ser considerado doentio, bem como a obsessão.
Vaidade faz bem, mas tem limite.  Tudo deve ter limite.  A busca incessante pela perfeição é psicótica, a pessoa está fora da realidade.  Sempre vai se olhar no espelho e pensar que ainda pode melhorar.  Não tem fim.  Tenho pacientes fazendo tratamento psiquiátrico devido ao uso de anabolizantes.  Eles causam dependência química. Uma pessoa assim pode acabar como Narciso, metaforicamente falando, que morreu afogado no lago ao se curvar para admirar a própria beleza."

Nosso amigo Dr. Décio, ainda complementa>: "Nos anos 60 ninguém falava em corpo. As mulheres tinham outros valores".
 
Obrigado Dr. Décio.  Você só veio confirmar que tenho afirmado, ou seja, cuidados normais e naturais são saudáveis, o que não é aconselhável é procurar melhorias artificiais só por causa de vaidade.  Só porque algumas artistas siliconaram os peitos, então todo mundo quer siliconar.  Não é por aí.  Aproveitemos os dotes que a natureza nos deu para enfrentar a concorrência e a vencermos.  A beleza só entra em competição é em concursos de miss. E mesmo nestes concursos é olhado o aspecto interior também, e foi o que tornou "O Pequeno Príncipe" tão conhecido...

O que se deve mesmo, é procurar a melhoria interior.  Cuidar do espírito. Aprender a se aceitar e a se amar como é.  Não adianta olhar para a Gisele Bundchen e lamentar não ter o mesmo corpo. Cada qual é como é fisicamente. Tomar certos cuidados para não deixar a coisa desandar, como exercícios, controle alimentar, etc..., é uma coisa e se entupir de medicamentos e fazer mil e uma cirurgias plásticas é outra...

Não podemos esquecer da passagem do tempo, que afeta por demais o físico.  Não podemos permitir que nos afete também o espírito, lamentando a beleza perdida e tentando recupera-la.  É importante aprender a amar-se como estiver, como for, ainda que o tempo seja inclemente...

Isto vale para mulheres e também para homens, que também estão entrando nessa neura de "ficarem lindos" ... Para que? Não podemos nos esquecer de que tanto mulheres quanto homens de bom gosto,  sempre vão continuar preferindo o conteúdo, do que a embalagem.

Isto posto, desejo a todos UM LINDO DIA, bem natural, claro...

E para encerrar, um pensamento popular que diz que
"Sempre é melhor comer a goiabada do que a lata..."

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados