PENSANDO EM TER QUALIDADE DE VIDA

 

Para bem vivermos, é imprescindível termos uma boa qualidade de vida,
e podemos chegar a algumas conclusões a esse respeito...
Osculos e amplexos,
Marcial

PENSANDO EM TER QUALIDADE DE VIDA              
Marcial Salaverry
 
Com toda certeza, para tentar falar sobre qualidade de vida, é preciso entender que certamente isso é algo meio fora de propósito nos dias que estamos vivendo, pois de que pode adiantar tomarmos todos os cuidados necessários com nossa saúde, se estamos sujeitos a ver um avião entrar pela janela de nosso escritório,  ou podemos ser encontrados por uma bala perdida, ou estar na hora errada no local errado, bem na verdade existem tantos “ous” que podem encurtar nossa existência, que nem vale a pena enumerá-los, o noticiário se encarrega disso.

Mas não vamos falar nesses detalhes secundários, pois a  vida é muito bela e gostosa de ser vivida, desde que saibamos faze-lo, e para que possamos desfrutá-la, é interessante cuidarmos de nossa saúde, pois dela dependemos para manter um bom ritmo de vida.  E sem uma boa saúde, sempre fica mais complicado vivermos bem, ou mesmo vivermos...

Colhi uma frase muito interessante, atribuida a um dos grandes filósofos do passado, Sêneca, que disse que
"O homem vive preocupado em viver muito, e não em viver bem, quando na realidade não depende dele o viver muito, mas sim o viver bem."

Realmente a ciência vive estudando meios de prolongar a vida das pessoas, nem que seja artificialmente, e isso acaba afetando a qualidade natural de vida, uma vez que se pode “esticar” o tempo de nossa existência com certos medicamentos e determinadas operações, certamente essa não será uma esticada natural, mas dá para quebrar o galho.  Vive-se mais, e até que razoavelmente bem.
Atualmente a perspectiva de vida está muito mais longeva do que alguns anos atrás, quando o brasileiro, geralmente, chegava até os 60, quando muito aos 70, mas já no bagaço.  Agora já existem condições melhores.  Pelo menos até os 76 eu garanto que se pode chegar com a saúde boa, e razoavelmente lúcido, mas para falar sobre o depois, daqui a alguns anos, volto ao assunto.

Foram descobertas diversas vitaminas (tem um abecedário inteirinho à disposição), bem como alguns medicamentos que realmente dão meios de adiar por mais algum tempinho aquele bate-papo definitivo com nosso Amigão.
Tudo bem, só que além das vitaminas, medicamentos, etc.,  há que se melhorar também a qualidade de vida. Já dizia um sábio filósofo que cada caso é um caso, mas existe uma regra geral a ser seguida para quem quiser ter uma vida mais longa e igualmente saudável, e que não se pode desprezar, e isso diz respeito à alimentação, o que se torna necessário,  pois à medida que os anos vão passando, nosso organismo começa a exigir uma alimentação mais saudável, isenta de gorduras, temperos picantes, etc. coisa já fartamente divulgada e que só não aprende quem não quer. 

Existe outro vilão que atrapalha por demais a boa qualidade de vida na idosidade, é o tal do CIGARRO, que muita gente teimosa se recusa deixar de lado.  Os malefícios "cigarrísticos" também são hiper divulgados, e só não acredita neles quem for muito teimoso, ou não se amar o suficiente, e a isso tudo, só vou acrescentar uma coisinha, pois outro dia alguém me disse que essa história de que o cigarro encurta a vida  é balela, pois seu avô fumava e morreu com 80 anos.  Bem, essa poderia ser uma exceção, pois acho que o avozinho dele, se não fumasse, emplacaria os 100.

Sigam o raciocínio de  um conceituado  pneumologista, que foi curto e grosso em suas palavras: "O cigarro não mata diretamente ninguém mesmo, só enfraquece o organismo.  Assim, em caso de qualquer problema de saúde, a possibilidade de recuperação de um fumante fica seriamente prejudicada. Isso, numa doença que exige um tratamento prolongado, pode ser fatal." Dito isto, dito tudo...

O que é realmente importante para termos uma boa qualidade de vida (além de evitar certos vícios daninhos), é saber fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA. 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados