VAMOS CONHECER O VALOR DA MULHER MADURA

 

Vamos aprender a conhecer, respeitar,
e amar a Mulher Madura... Ela merece...
Osculos e amplexos,
Marcial 

VAMOS CONHECER O VALOR DA MULHER MADURA
Marcial Salaverry

Para bem conhecer o valor de mulher madura, é preciso entender que ela,  como a denominação o indica, é como uma fruta madura, cheia de vida e de sabor, uma fruta desejada por quem aprecia o verdadeiro paladar, por quem aprecia o melhor da vida, por quem sabe dar-lhe o devido valor.
Vamos entender que ela simplesmente viveu a vida, enfrentou os preconceitos que em outros tempos determinavam que a mulher apenas exercesse papéis secundários, e assim, seu amadurecimento deu-se graças à alquimia do tempo, que foi moldando suas formas e sua mentalidade, e foram mudanças forjadas a custa de muita luta, principalmente uma dura luta interior, para poder se livrar de uma série de conceitos e preconceitos que lhes foram enfiados cabeça a dentro desde a mais tenra idade.
As jovens de hoje não podem fazer idéia do que foi a luta dessas encantadoras e sedutoras mulheres maduras de hoje.
É preciso entender que graças a essas mudanças, o seu espírito revela equilíbrio e harmonia,   como em nenhuma outra fase da sua vida.  Ela já viveu muita coisa.  Já passou por vicissitudes.  Já enfrentou muitos problemas e percalços.  Quer seu espaço e seu direito à vida.  E quer viver a vida em sua plenitude.  E tem esse direito.  Direito adquirido com louvor.
Nada é promessa, nesta altura da vida, eis que promessas não cabem mais, pois é o momento de decisões, de realizações. É o fazer, ou não fazer.  Serve ou não serve. Não pode mais aceitar enrolações, uma vez que seu tempo é de urgência.  
O passado, o presente e o futuro nela se fundem para formar um tempo único:  o momento presente.  Não pode e nem quer se prender a fatos passados, nem tampouco se preocupa muito com o futuro. Quer viver o momento, e por isso procura escolher o que quer para o hoje.  Então é bem seletiva na escolha de suas companhias.  Sabe o que quer e busca.  Vai à luta, em todos os pontos de vista, e quem insistir em desconhecer essa sua maneira de encarar a vida, ou não for capaz de identificar que a fruta encontra-se no seu ponto certo, perderá a oportunidade e  estará excluído de  usufruir sua companhia.  A fruta é madura, mas para colhê-la é  preciso conhecer o momento devido, sem precipitação, algo que deve ser   feito com muito tato, cuidado e carinho. Não se pode ser afoito, nem tampouco lento demais.  Tem que ser decidido, mas chegar no tempo certo.  E isso exige um certo conhecimento da alma feminina.
Saibam que ela, por mais frágil que aparente ser, é muito segura e senhora de si, sabendo o momento certo de agir, e o faz com  charme e elegância. Delicada e incisivamente.  Não aceita “pisadas na bola”.
Do ponto de vista sexual, ela tem a aprender tanto   quanto a ensinar, o que estabelece um equilíbrio no relacionamento. E tudo o que faz, ela o faz como opção. Faz o que quer, como e quando quer,  sem desvarios ou arrependimentos. Guia-se pela sensatez.
Ela não se envergonha da sua idade. Pelo contrario, orgulha-se dos anos  vividos e de ser fruta madura. Mas mesmo que nada diga, lamenta,  interiormente, que haja quem se contente em colher uvas verdes. Lamenta principalmente por ver que não sabem lhe dar o devido valor.  Mas passa airosamente sobre tais fatos.
Sabe perfeitamente que a melhor maneira de prender o parceiro, é fazendo-o pensar que o deixa livre.  Não impõe a companhia, apenas faz-se sentir necessária.  Mostra-se criativa. Faz com que o parceiro a veja em sua plenitude, ficando a seu lado por desejá-la e não por apenas aturá-la. Afinal é uma mulher total.  Quer sentir-se valorizada.  Sabe ser companheira. Aquela que compartilha a vida.  Que vive ao lado.  Não quer passar à frente, mas tampouco admite ficar para trás.  Tem bagagem de vida e sabe aproveitá-la. Soube extrair da vida todas as lições, e agora as usufrui.  Sabe viver.
Esse é o retrato da mulher madura. Sorte daqueles que sabem reconhecer, e dão o devido valor à sua companhia.  Quando amam, são incomparáveis.  Quando querem conquistar, o fazem com arte e decisão. E em sua companhia, é muito fácil ter-se UM LINDO DIA.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados