COISAS PASSADAS

 

COISAS PASSADAS
Marcial Salaverry

Coisas passadas,
coisas esquecidas...
Se forem boas, que sejam lembradas...
Sendo chatas, deletadas...
Uma boa recordação, faz bem ao coração...
Uma chateação, sempre será uma chateação...
Pra que relembrar se estava chovendo no dia em que nasceu?
Pra que relembrar o resultado da Copa de 1950?
Pra que relembrar que Bush e Bin Laden existiram?
Que Lula e Dilma ainda existem?
Veja o sol lá fora e caia na piscina sem demora...
Esfria a cuca, e tira qualquer ideia maluca...
Alguém pisou seu calo de estimação?
Sorria para o infeliz e pense um palavrão...
O cachorro comeu seu dedinho?
Que bom que ainda sobram nove dedinhos...
Perdeu seu amor? Ótimo, era muito chato mesmo...
Assim se vive, esquecendo o siso,
e trocando-o por um sorriso...
Troque essa cara fechada
por uma gostosa gargalhada...
E para aliviar, pode minha mãe xingar...
Total, estamos assim tão longe, que não vai me afetar...
Aliás, se a mãe xingar...
É aquela que tenho de reserva...
Portanto, pode desabafar...

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados